Curtir!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

SE A MODA PEGA... (PARTE 2)

Justiça proíbe alemão alcoolizado de "dirigir" cadeira de rodas

A lei seca brasileira, aquela que proíbe o motorista de dirigir após ter bebido o equivalente a um chope, é considerada uma das mais rígidas do mundo. Entretanto, na Alemanha, terra da Oktoberfest, um motorista foi multado e proibido de dirigir por um mês após ter sido pego duas vezes no teste do bafômetro. Detalhe: o veículo que Michael S. dirigia era sua cadeira de rodas motorizada.

Em fevereiro, durante o carnaval, o rapaz de 20 anos bebeu uns chopes a mais, perdeu o ônibus e resolveu ir para casa a 6 km/h com sua cadeira de rodas motorizada. Ao perceber que Michael estava ziguezagueando na calçada, um guarda o parou e o multou por dirigir bêbado.

Duas semanas depois, o jovem foi novamente multado por "dirigir" sua cadeira de rodas alcoolizado. O juiz Thomas Schäfer não teve dúvidas e proibiu Michael de andar de cadeira de rodas por um mês. "Da segunda vez, ele tinha um nível alcoólico de 2.06 no sangue, quando o permitido é 1.6. Muitas pessoas não agüentam chegar a esse ponto", disse o juiz.

Em sua defesa, Michael afirmou não saber que cadeiras de roda se enquadravam na categoria veículos. "Eu estraguei tudo, eu sei, mas eu dependo da minha cadeira", reclamou.

***

E ainda reclamam da nossa Lei Seca... rs

Nenhum comentário:

Postar um comentário