Curtir!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Propaganda Negativa

Nesta semana a Justiça do DF condenou o Mercado Livre a indenizar um consumidor que utilizou os serviços do site, mas foi lesado por não receber o valor da venda, apesar do ML ter confirmado o pagamento. Como vivemos na era da informação à velocidade da luz, a notícia se espalhou por toda internet a partir da notícia postada no site do TJDFT.

Seguem as propagandas negativas:


Dzai - Correioweb

Bonde.com.br

Última Instância - UOL

Monitor de Fraudes

Portal Palotina

Direito2.com.br

Endividado.com.br

Vooz.com.br

Lawyer Bhz

JusBrasil



Dentre outros sites que divulgaram a informação, há os de escritório de advocacia.
Em fim, fica aí a propaganda negativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário