Curtir!

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Febre dos carros tunados tem rendido dor de cabeça no RS




"Tunar" carros - mexer no motor, na carroceria, no painel - é uma febre que leva muitos dos apaixonados por carros modificados a conflitos com a lei.

Pintura exclusiva, suspensão rebaixada, porta que abre num 'clic' do controle remoto. Um estilo que virou moda. A febre dos tunados foi parar nas oficinas. O custo de tudo isso? Imprevisível.

O barulho do motor é o que os apaixonados por tunados sonham ouvir. Modificações do motor são muito comuns nesses veículos, mas será que os freios estão preparados para segurar tanta potência?

"Eu posso ter riscos para frear o veículo que teve uma potência bastante alterada, para mais. A pessoa muda o sistema de iluminação do veículo, dependendo do que ela fizer, pode fazer com que haja risco para quem vem no sentido oposto", afirma o chefe de registro de veículos Detran-RS, Leandro Magni.

Quem não segue as regras que estão nas resoluções do código, fica no prejuízo. "Diversas vezes, não só multado como o carro rebocado três vezes no verão", conta o empresário, Paulo Reichert.

A conformidade entre modificações e segurança é fundamental para regularizar o carro tunado. O carro do mecânico, Zeno Jéferson, só ganhou as ruas com as mudanças na mecânica, devidamente legalizadas.

"O laudo, com a foto do carro, tem as modificações todas, assinatura do avaliador. Aí depois a numeração do laudo vai no documento. Assim não tem como te guincharem".

Com 20 vitórias em competições de carros tunados, esse Stratus já foi branco e dourado, ganhou um investimento de cerca de R$ 100 mil. Mas com mais de 30 multas no currículo, e mudanças que não podem ser regularizadas, o destino dele: virar uma espécie de peça de museu.

"Quase sempre parado, quase sempre na garagem", afirma o programador de software, Douglas Souza.

Fonte: Jornal da Globo

***

Controvérsias à parte, se nossas leis de trânsito são justas ou não, a reportagem mostra que não é impossível regularizar carros tuning como manda a Resolução 292 destrinchada na postagem inaugural deste blog.

Postagem: Legislação de Trânsito: Modificações Permitidas

Nenhum comentário:

Postar um comentário